segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Como ter mais conforto acampando sozinho.



Em alguns momentos da vida a gente precisa de um pouco de solidão saudável, daquelas em que resolvemos pegar a mochila, a barraca, e partir sozinhos para algum lugar bonito e agradável que desperte a reflexão e o encontro com o nosso interior. Além disso, viajar sozinho é sempre uma experiência enriquecedora, que traz novos ares e novos aprendizados.

Se você está planejando montar sua barraca solitária em algum lugar do país, algumas dicas podem ajudar e muito a tornar a viagem mais divertida, proveitosa, e, sobretudo confortável.

Acampar sozinho é uma deliciosa experiência



O conforto no Camping, esteja você sozinho ou acompanhado, depende basicamente de dois fatores principais: equipamentos de qualidade e uma boa barraca. Claro que a escolha do local para acampar também influencia bastante, mas um equipamento de qualidade topa praticamente qualquer parada sem te deixar na mão. Saiba o que é essencial:

- Barraca: se possível, escolha uma barraca de no mínimo dois lugares, como esta Quechua para duas pessoas ou uma Falcon 2 da Nautika. Com o espaço extra, você consegue armazenar com tranquilidade seus pertences, como mochila, sapatos, e outros;

- Colchonete ou colchão inflável: o colchonete é prático, ao passo que o colchão inflável é mais confortável, apesar de necessitar de bomba de ar para ser enchido. Optar por um ou outro depende do quanto de peso e de bagagem você tem disponibilidade para carregar;

- Lençol, cobertor ou isolante térmico: caso você decida viajar no frio, o isolante térmico é a opção ideal para lugares com temperaturas muito baixas, principalmente se combinado com o uso de uma manta ou cobertor. Os lençóis podem ser usados no verão ou em temperaturas mais altas. Outra opção são, também, os sacos de dormir, como este saco de dormir Quechua para temperaturas baixas ou este Nautika para temperaturas mais amenas.

- Kit de facas ou canivete: bastante útil para emergências, assim como um mini kit de costura;

- Cantil ou garrafa térmica: ideal para carregar água, principalmente em lugares nos quais você não tem acesso frequente à água potável;

- Comida: se o local do Camping não é próximo de restaurantes, mercados ou bares, o jeito é levar alimentos não perecíveis e de consumo rápido, como pães, bolachas, macarrão instantâneo (para quem tem como aquecer a água), entre outros.

Esses são equipamentos e itens básicos para o seu conforto. Faça as malas e boa viagem!

(Texto e imagem da amiga e colaboradora Bruna Rodrigues)

3 comentários:

joaozinho menininho disse...

Sr. Waldson, quando acampo com a barraca para duas pessoas e estou sozinho, normalmente dobro a bicicleta e ela dorme junto comigo dentro da barraca... cabe perfeitamente numa barraca iglu para 2 pessoas (1 pessoa + bicicleta dobrável)... como sei que é adepto da bicicleta dobrável estou escrevendo.

Se um dia quiser pedalar juntos numa cicloviagem de 1 dia... ou cicloturismo de vários dias... fica o convite pois gostaria muito de ter a experiência de pedalar em grupo com uma pessoa adepta da dobrável como o senhor.

Cicloabraços

***Joaozinho***
joaozinhomenininho@yahoo.com.br
www.joaozinhomenininho.blogspot.com
11-960152171

Waldson Gutierres disse...

Beleza Joãozinho! Obrigado pelo convite!
A dobrável realmente conquistou meu coração, hehehe! Hoje mesmo falava com um amigo cicloturista sobre a vantagem dela no modal. No passado tive problemas duas ou mais vezes para embarcar as bikes tamanho convencional, uma vez que os motoristas alegavam que o bagageiro do ônibus estava lotado. Com a dobrável isso não ocorre porque uma vez dobrada ela fica do tamanho de uma mala e, dependendo da mala, até menor!
Ei tenho duas barracas: Uma Falcon 2 da Nautika que eu recomendo e uma Azteq Mini Pack, um pouco menor e mais leve que dispensa comentários. Ótimas barracas! As barrachas da Quechua, embora sejam ótimas, são um pouco mais pesadas. A minha Mini Pack é ideal para mochileiro, pois é bastante compacta.
A gente se fala, grande abraço!

3dmar disse...

Waldson,

Outra sugestão é acrescentar nas "tralhas" um frasco de Hipoclorito de sódio para purificar a água, 2 gotinhas do produto para cada 1 litro de água e aguardar 30 minutos para o consumo.
É possível pegar gratuitamente em postos de Saúde ou adquirir em farmácias

Abraço e boas pedaladas!