sábado, 20 de fevereiro de 2016

Pedal dominical de 14/02/2016. Parque do Carmo.



Olá, minhas amigas e meus amigos!

Assim que passaram os meus problemas de coluna e assentou a poeira referente a volta da mamãe para casa, a vontade de pedalar se apresentou. Lógico que agora com a mamãe em casa eu não poderia ir muito longe, mesmo porque a minha esposa também tem problemas de saúde e deixá-la sozinha cuidando de si e da mamãe seria por demais temerário de minha parte.
Assim, como minha filha estaria em casa, pedi um alvará para pedalar na parte da manha do domingo. Dna. Fátima me concedeu o tão almejado alvará.
O Tony Carlos, velho amigo e companheiro de pedal, estava sempre me contatando e comentando que, se eu fosse pedalar no Parque do Carmo, que o comunicasse para pedalarmos juntos. Assim o fiz.  Combinamos de nos encontrar na Portaria do Parque por volta das 7:30 hrs da manhã.

Nanika pronta desde sábado á tarde.


Levantei cedo, antes das 6 da matina, mas atualmente tenho que cumprir um ritual danado antes de sair de casa. Dar remédio para mamãe às 6, tomar meus remédios para a pressão alta, medir a minha glicemia, tomar insulina e tomar o café da manhã. Só então posso pensar em sair para pedalar ou fazer qualquer outro exercício.
Sete e trinta eu estava lá e o Tony já estava à minha espera.

O amigo Tony na ciclovia do Parque.


Foi um domingo muito legal! Nos divertimos bastante, encontramos o amigo Claudião e o Pró Bike. O Claudião vem quase todo o domingo, pedalando da Cidade A.E. Carvalho. Sempre que vou ao Parque paramos para por a prosa em dia, e isso já faz anos!

Algumas fotos...



Até o Pit Bull, no guidão, estava com saudade das pedaladas. Ele que já curtiu muitas estradas em minha companhia.






O amigo Tony e eu curtindo a ciclovia do Parque.


Foram apenas 28 Km pedalados, mas a satisfação e o prazer de pedalar em boa companhia não pode ser dimensionado dessa forma.
Despedi-mo-nos por volta das 10 horas, pois o Tony precisava ir ao mercado e eu precisava passar na feira para levar frutas e legumes para casa.

Agradeço a Deus por mais essa oportunidade de fazer aquilo que eu gosto e ao amigo Tony pela agradável e prazerosa companhia.


Domingo, dia 21/02, é aniversário dos meus netos, portanto não poderei pedalar. Mas o próximo pedal será na Paulista ou Parque Ecológico do Tietê, se Deus quiser.

Grande abraço a todos(as) e obrigado por prestigiar o nosso Blog.

3 comentários:

Gilmar Doistempos disse...

Legal Waldson, mais um relato de qualidade.

Rapaz que calvario pra voce pedalar...

E'... a vida na sociedade moderna,
com a ilusao da liberdade, a manipulacao
da moda, entre outras ilusoes, acabam
segregando as geracoes.

Parabens pela tenacidade e muito grato
a Dona Fatima por intermediar esse pedal.

[]s Gilmar.

Tony Carlos disse...

Precisamos refazer esse pedal, em dupla ou grupo estimula mais o exercício!
Foi muito legal esse pedal, o Waldson pedala muito, e gosta de ladeiras ! Hehehe.
Em tempo Waldson, meu telefone deu pau, quando puder, envie novamente seu contato pelo whatsapp, por gentileza!

Abração!
Tony Carlos
www.nomadbikerider.blogspot.com.br

joaozinho menininho disse...

super Waldson...

Pedala forte amigo... energia positiva!!!