segunda-feira, 23 de junho de 2014

O resgate e a recompensa do tomateiro.

Há mais ou menos um mês atrás, enquanto eu fazia uma caminhada matinal, notei á beira do campo dois pezinhos de tomate. Estavam em meio ao cascalho, tortos e moribundos. Agonizavam naquele meio impróprio para os seus desenvolvimentos.

- Ah, assim que eu terminar a minha caminhada vou retirá-los daqui e levá-los para casa! Pensei eu.

Tão logo terminei meu tempo de caminhada, retirei-os delicadamente com as respectivas raízes intactas e os levei para casa. Já estava mesmo num processo de cultivo de uma horta caseira, portanto esses dois pezinhos de tomate adotivos seriam os primeiros a povoar a horta.
Ajeitei um recipiente com terra adubada para cada um e os plantei ali. Fiz uma rega básica e só voltei para revê-los na tarde do mesmo dia.
Um dos pezinhos havia sido arrancado e, devido ao sol, estava praticamente morto. Creio que o meu netinho mais novo, peralta, deve te-lo arrancado para brincar. Fiquei chateado e ensinei-lhe a adotar e cuidar das plantinhas. Ele pediu desculpas e nunca mais mexeu nas plantas.

O outro sobrevivente, um mês depois do resgate, resolveu me recompensa com um fruto e muitas  flores! Logo, logo comeremos uma saborosa salada com tomates da horta caseira.


Estou meio atrasado com a implantação total da horta, mas já tenho cebolinha, salsinha, mudas de couve manteiga e outros tomateiros plantados. A ideia é fazer uma horta horizontal/vertical, abrangendo também o muro lateral.
Preciso ainda comprar/ganhar uma caixa d`água usada para coletar água da chuva, pois isso é parte do meu projeto.

É prazeroso ver e sentir a recompensa da Natureza quando nós a tratamos com amor e carinho. Aprendi com meu pai a ter e cuidar de horta caseira e preciso passar isso para os meus netos.


Uma horta caseira, além de nos premiar com alimentos frescos e saudáveis, é uma excelente fonte para espantar o estresse do dia-a-dia.
Se você meu amigo, minha amiga, tem um local que possa desenvolver uma pequena horta, não perca tempo! Descubra o prazer que há na prática deste hobby.

Para obter mais conhecimentos sobre o assunto, clique AQUI.

Um grande ciclo e horti abraço do...


3 comentários:

joaozinho menininho disse...

Muito bom a postagem... essa idéia da horta vertical parece bem legal levando em consideração as cidades cada vez mais densamente povoadas...

CicloHortiabraços

Joãozinho

Gilmar Doistempos disse...

Legal Waldson, parabens por sua horta caseira ;)

Gabriel Panta disse...

Na minha casa antiga, minha avó mantinha uma horta caseira e sempre tínhamos cebolinha e salsinha frescos nas saladas. Hoje moro numa casa pequena com pouco espaço de terra, estamos estudando uma forma de cultivar salsinha na entrada de casa heheheh