segunda-feira, 15 de abril de 2013

Rodas e pneus 700 X 38 - Impressões.

Pneus e aros 26" ou 700c para cicloviagens?

_________________________________________________________________________


Atualmente.


Em 2009.


Tudo começou em dezembro de 2009 quando resolvi montar uma bike estradeira com rodas maiores. Naquela época pesquisei e achei por bem montar uma bike híbrida com rodas 700c e pneus 700 X 38.



Fiz uma cicloviagem para Analândia, saindo de Piracicaba, SP. A viagem foi um fiasco, pois eu ainda não sabia dos meus problemas com hérnias de disco lombares e cervicais. Fiz a viagem de volta com muitas dores provocadas pelo guidão Drop que me obrigava a pedalar muito inclinado, forçando a coluna e o pescoço. Honestamente, nem deu para eu sentir a vantagem ou desvantagem das rodas 700c.

Em junho de 2010, após trocar o quadro e o guidão da bike, voltei a cicloviajar com as rodas 700c.


Desta vez sim, deu para sentir a superioridade das rodas 700 na estrada. Talvez perdesse um pouco nas subidas, mas no plano e nas descidas o ganho foi incrível. Lembro-me de ter dito no Fórum Pedal (www.pedal.com.br) que jamais abandonaria as rodas 700.

Infelizmente meus problemas de coluna se agravaram e tive que me submeter a várias cirurgias o que me obrigou a voltar para as rodas aro 26" em função da necessidade de instalar uma boa suspensão dianteira e um canote com suspensão para amortecer os impactos causados á minha coluna recém operada.
Por meses pedalei com rodas aro 26". No início do ano, após uma cicloviagem frustrada, onde passei mal e vários problemas aconteceram e como eu já estava me sentindo perfeito em termos de coluna, resolvi voltar ás rodas 700c.


Foi a melhor decisão que tomei nos últimos tempos!



Nesta última cicloviagem que fizemos para o Sertão da Bocaina pude sentir a "garra" das rodas 700c tanto no asfalto como na terra, cascalho e lama. Tenho certeza que se eu consultasse alguém sobre usar esse tipo de roda nessa cicloviagem eu seria totalmente desaconselhado a fazê-lo.

http://pneunaestrada.blogspot.com.br/2013/04/ciclotur-pioneiro-pelo-sertao-da-bocaina.html

É lógico que o cuidado com as pedras pontiagudas deve ser levado em conta, mas a leveza da bike compensa qualquer esforço nesse sentido. O máximo que eu fiz quando atingimos a estrada de cascalho, buracos e grandes pedras, foi murchar um pouco os pneus. Os pneus Kenda 700 X 38 se superaram! As câmaras de ar também são Kenda e têm vários anos de uso sem nenhum furo.
Assim, sou totalmente favorável ao uso desses aros e pneus para cicloviagens. E olhem que ando com a bike bem carregada, como um caracol que carrega sua casa junto!

Atualmente com o advento das bikes com rodas 29 os adeptos dos pneus um pouco mais largos estão satisfeitos, pois a diferença desses aros (700 e 29) é apenas a largura interna.

Nas cicloviagens, como sei que é mais difícil encontrar câmaras de ar para rodas 700 em pequenas cidades ou lugarejos, carrego duas câmaras reserva, mais um kit de remendos. Se o cicloviajante preferir, para sua maior segurança, pode ainda acrescentar alguns raios reserva.



Evidente que essas são as minhas impressões particulares. Não se trata de nada técnico ou coisa que o valha.

Um vídeo rápido que dá para ter uma ideia da performance das rodas e pneus.


Asim, espero ter contribuído para dirimir algumas dúvidas de cicloturistas que estão entre usar aros e pneus 26" ou 700c.

Grande cicloabraço do...


4 comentários:

Gilmar Doistempos disse...

Legal Waldson, que bom que voce
está bem com sua bicicleta.

Que deus te permita muitas novas
aventuras.

[]s Gilmar

Luciano Lima Cavalcante disse...

Muito bom relato dos aros 700 bora experimentar esse pneuzinho esperto!

Talles oliveira disse...

Cara que post bacana! Muito obrigado por relatar sua experiência meu caro colega bikeano. Um grande abraço.

Luciano Silva disse...

É uma pena que ainda não se ache estes pneus em todas as bicicletaria, aqui na minha bike to usando 700x32.