sábado, 18 de setembro de 2010

Guidão Borboleta

Olá,

Eu havia prometido no fórum de cicloturismo em que participo (www.pedal.com.br) que escreveria sobre as minhas impressões referentes ao novo modelo de guidão que estou usando.
Esse guidão é conhecido como "butterfly" ou "trekkink".




Além de um pequeno teste que fiz assim que o instalei, usei-o recentemente num ciclotur de 160 Km, composto de rodovias bem ou mal asfaltadas e estradas em terra, com direito a poeirão e cascalho solto.




Em todos os tipos de terreno o novo guidão foi formidável. Não é um guidão ágil, para ser usado no trânsito por exemplo. Contudo, na estrada é super confortável.
A dirigibilidade é muito boa e a quantidade de posições das mãos (pegadas) que ele oferece é muito grande.
A diferença entre um guidão risebar, onde no máximo o cicloturista obtem duas ou três posições das mãos, mesmo com bar-hands, é muito grande.

Não posso garantir, mas acredito que até as famosas "dormências" das mãos serão no mínimo minimizadas com o uso desse modelo de guidão.

Os manetes de freio e trocadores ficam numa boa posição permitindo fácil acesso aos comandos.

No meu caso, encapei-o com espuma do tipo Beach, usada nos guidãos das bikes caiçaras. Alguns amigos sugeriram encapá-lo com fita de guidão, normalmente usada nos guidões das speeds, mas preferi deixar somente com a espuma, por enquanto. Quero fazer um teste quando pegar chuva.

Enfim, a troca valeu a pena e o guidão fez jus a sua boa fama internacional.
Como sempre digo, Dna. Artrose adorou o novo guidão!


Abraços do Antigão!

8 comentários:

Carlos Bernardo disse...

Amigo antigão, boa noite!
Vejo que conseguiu dar a volta por cima e enganar a dona artrose, assim já pedala mais á vontade sem ela o incomodar.
Esse guidãodeve ser muito bom para longa distancia.
Um abraço, e boas pedaladas.

silva disse...

olá Waldson, tudo bem
parabéns pelas suas viagens
Estou querendo também ingressar nessa de cicloturismo e gostaria de uma ajuda sua, pra começar estou precisando comprar alguns equipamentos (quase tudo) como barraca, saco de dormir, isolante, alforge (talvez eu faço um) e outras coisas. pelo que vi vc tem um saco de dormir da nautica (se não me engano), ele aguenta bem o frio? vi uns da quechua, só que bem mais caro. Barraca acho que vou pegar uma de 3 lugares (tipo super esquilo), sei que é pesada, mas vai servir pra outros acampamentos.
Desde já agradeço pela atenção. espero que um dia nos encontramos pelas estradas

Waldson Gutierres (Antigão) disse...

Olá, Carlos, olá Silva. Obrigado aos dois pelos comentários. Desculpem, pois esses dias andei muito atarefado com o trabalho, na empresa, e me afastei um pouco do Blog.
Bom, Silva, se as minhas observações forem úteis, terei prazer em ajudá-lo.
O Saco de dormir que eu tenho realmente é da Nautika. É para até 5 Graus Celsius. Protege bem, mas num acampamento que fiquei com aproximadamente zero grau, tive que vestir-me bem! Creio que o da Quechua, embora mais caro, seja melhor. É importante ver até quantos graus ele diz te proteger. Parece que os da Quechua são menos espaçosos.
Quanto a barraca, também uso uma da Nautika, linha Falcon para 2 lugares. Muito boa e com um bom espaço. Dá para por o colchão inflável e sobra espaço para guardar alforjes e demais pertences. Compre barraca com sobreteto. Fuja da linha FIT! As super esquilo parecem ser muito boas. O problema é o peso. Havemos de pensar que o conforto é muito bom, mas se isso aumenta muito o peso a ser transportado. Eu preferi optar por uma barraca mais leve, contudo carrego um colchão inflável, com fole embutido. Uma coisa equilibra a outra. Uma Super esquilo 2 pesa 3,8 Kg!Uma Falcon 2 da Nautika pesa 2,2 Kg. É de se pensar, pois nessa diferença cabe muito bem um colchão inflável! O ideal é levar um pedaço de plástico (desses que se encontra em dep. de materiais para construção) medindo 4 X 4 m, para cobrir a barraca em caso de chuva. Se você viu todos os meus Posts deve ter visto isso.
No mais, é só perguntar.
Seja bem-vindo ao prazeroso mundo do cicloturismo!

Waldson Gutierres (Antigão) disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
RodoX disse...

Fala antigão beleza?? estou querendo colocar um guidão desse na vivi para quando eu for viajar, eu me matei de peruibe até paraty, e depois em sta catarina e no ultimo sabado fiz o Audax, vc deve ter acompanhado, então, eu não aguento mais minhas mãos adormecerem no guidão nessas longas viagens, onde vc comprou este guidão? Valew.

Waldson Gutierres disse...

Rodox, obrigado pela visita.
Esse guidão um amigo trouxe para mim do Canadá. Até pouco tempo tinha uma loja no Brasil vendendo como "handlebar", se não me engano. Veja tambem nos classificados do fórum www.pedal.com.br.
Se eu achar te aviso pelo Facebook.
Abraços.

Fábio Cordeiro Negrão disse...

antigão. também estou pensando em colocar um guidão desses na pequena, dahon. vi alguns no site arco e flecha por um preço até bom R$68. O que me assustou foi o peso , quase 1kg. não é muito pesado não. Acredito que o seu por ser importado e de melhor qualidade seja mais leve. Grande abraço e sucesso!!
fabio ( fui eu que te vendi o pedal)

Waldson Gutierres disse...

Esse que você viu Fábio é de ferro, por isso é tão pesado! Compre um de alumínio, é bem levinho! Agora já tem algumas lojas vendendo no Brasil. Até no Mercado Livre tenho visto.
Pesquisa melhor, pague mais caro mas pegue um guidão mais leve.

Abraços.