terça-feira, 18 de abril de 2017

Conforto ou Praticidade?

Olás, meus amigos e minhas amigas! Quanto tempo não?
Pois é, cá estamos nós de novo postando no Blog que, confesso, estava meio abandonado.
Desta vez tenho três bons motivos para convidá-los à leitura:

1º) O mês de abril é o mês de aniversário do Blog.

(foto: origem site internet.)

Lá se vão longos anos de relatos, fotos, artigos, etc. Nem sei exatamente quantos anos são, mas que importa? O importante que estamos aqui escrevendo novamente, né?!

2º) No dia 22 desde mês, abril, completo 10 anos longe do tabagismo. 



Para mim uma grande vitória. Não adianta insistir, esporte e tabagismo não combinam!

3º) Conforto ou Praticidade? Esse é o título do artigo. O que importa para você?
Ás vezes, e não são poucas, somos obrigados a abrir mão do conforto em favor da praticidade. Antigamente eu carregava um colchão inflável para passar a noite na barraca. Tinha que ficar bombando com o pé um bom tempo para enche-lo. fora o peso que eu carregava por muitos e muitos km, até chegar ao destino. Era confortável, mas não era prático. Quando apareceram os isolantes térmicos auto inflável corri comprar um! Não é tão confortável como o bom colchão inflável, mas é prático. Rápido para inflar e leve para o transporte no bagageiro dianteiro da Nanika. Isso se chama "trocar o conforto pela praticidade"!
Bom, no caso de guidão, todos sabem como sou favorável ao uso de guidão borboleta ou como dizem "butterfly", ou até "guidão trekking", para cicloturismo. 

(Guidão borboleta instalado na Nanika)

Uma curiosidade. Quando meu amigo Henrique esteve no Canadá, há alguns anos atrás, pedi que me trouxesse um guidão butterfly, pois na época não era encontrado no Brasil. Qual foi a minha surpresa quando ele se comunicou comigo de lá, pedindo uma foto do guidão, pois lá eles não conheciam guidão butterfly! Mandei uma foto e o guidão em questão foi identificado como guidão trekking. Legal né?!

(Guidão butterfly ou trekking - Borboleta no Brasil)

Pois bem, até minha Nanika, uma bikezinha aro 20", dobrável que uso para fazer cicloturismo usa guidão borboleta. Lógico que eu adaptei o guidão. Um conforto só! Muitas pegadas, excelente para cicloviajar! Mas, porém, não obstante... para dobrar a Nanika está difícil. 
Há alguns anos atrás, quando eu tinha mais saúde era mais fácil, mas da última vez que fui pedalar no Parque do Carmo e levei a Nanika no porta-malas do carro, dobrá-la e desdobrá-la foi um sufoco.
Dessa forma, resolvi instalar um guidão flat, na mesa regulável. Em 2015, quando fiz uma cicloviagem de Mogi das Cruzes, SP até Paraty, no Rio de Janeiro, Já havia instalado um guidão MTB cortado, pois já sabia da dificuldade para dobrar a miudinha e colocá-la no bagageiro do ônibus, no dia de retornar para Sampa.


(Guidão de MTB serrado)

Bom, a diferença é que agora queria um guidão flat (plano) com bar-hand, como usei há alguns anos, num ciclopasseio em Piracicaba, SP.

(guidão flat, original da Soul D 60)

Mais ou menos nesse estilo, embora esse seja o guidão flat que veio com a bike original.

Pronto, acabei de montar o guidão do jeito que eu queria e, evidentemente, já fui para a rua para testá-lo! Devidamente aprovado. Dobrar a Nanika ficou muito mais prático!



(O novo leiaute da Nanika)


(Até o Pitbull ficou feliz com a mudança. Praticidade é a palavra certa!)

Amanhã cedo espero colocar a Nanika no porta-malas do carro e dar uma pedalada light no Parque do Carmo.

E assim a gente vai voltando aos poucos.

Obrigado pela visita e um grande cicloabraço do...



7 comentários:

alberto brito disse...

Bom dia Antigao , q bom q está retomando o blog,suas dicas são de grande importância para quem vai iniciar no cicloturismo. ( como eu por exemplo rsrs ) desejo a vc um ótimo passeio ,aguardando espero muito em breve mais aventuras do nosso querido amigo Antigao ! Fica com Deus e um forte abraço meu velho!

alberto brito disse...

Bom dia Antigao , q bom q está retomando o blog,suas dicas são de grande importância para quem vai iniciar no cicloturismo. ( como eu por exemplo rsrs ) desejo a vc um ótimo passeio ,aguardando espero muito em breve mais aventuras do nosso querido amigo Antigao ! Fica com Deus e um forte abraço meu velho!

alberto brito disse...

Esqueci de mencionar sua vitória contra o tabagismo, meus parabéns eu imagino como deve ser difícil deixar tal vício apesar de nunca ter fumado , vc está de parabéns Antigao desta forma a nanika agradece pois tu vai ter mais fôlego e saúde pra levar a nanika pra novas aventuras!

dinhola disse...

Bom dia! Que bom que vc tenha retornado ao blog, como é bom poder fazer parte destas experiências de cicloturismo e ao mesmo tempo estar incentivando uma atividade tão boa como o ciclismo. Assim poderemos ser melhores no futuro, com um ar mais limpo.

Henrique LS disse...

Bom saber que você voltou. Engraçado que sempre vou treinar no pq do carmo e nunca te vi por la, ou em mogi rsrsrs. Se ver um cara com uma speed branca e camisa azul e amarela. Da salve o/

Guilherme disse...

Fico muito feliz em saber que você está pedalando! Não importa se muito ou pouco, o importante é pedalar. Você é uma inspiração a todos nós!

Sadao disse...

Olá, Sr. Watson
Quero em primeiro lugar, parabeniza-lo por estes relatos, que são um exemplo de vida e alegria.
Posso dizer que por conta disso, acabei por me ingressar como um fã.
Li varias vezes todos os seus posts (e continuo lendo), porem, ainda não criei coragem de fazer o mesmo que você e me aventurar.
Pelo que entendi, moramos perto, e espero um dia conseguir lhe conhecer pessoalmente e trocarmos uma prosa e saber mais de suas aventuras. (sei que soou meio estranho esta frase, mas juro que estou fascinado pela sua coragem)