sexta-feira, 14 de março de 2014

Alforge dianteiro - Neste mundo nada se cria, tudo se copia!

Bom, meus amigos e amigas, a gente que faz cicloturismo está sempre projetando a próxima cicloviagem. Nem que o projeto se torne realidade daqui a N anos, mas a gente está sempre pensando na próxima pedalada. Não importa se esse pedal irá durar algumas horas ou vários dias, mas quando a ideia invade a mente do cicloturista parece um vírus que se reproduz e não sai com relativa facilidade.

Evidente que o projeto leva em conta vários aspectos, distância, custos, locais para hospedagem e, acima de tudo, os equipamentos. Quando falamos sobre equipamentos não nos referimos apenas à bike que irá nos conduzir estrada afora, falamos também nos equipamento que usaremos para levar as nossas bagagens, roupas, utensílios de cozinha, barraca, colchonete, saco de dormir, etc. Assim, um dos equipamentos mais prováveis são os alforges. Já foi o tempo que um cicloviajante levava uma mochila nas costas! Nem é recomendável, pois essa prática pode trazer desconfortos e dores lombares. Para o transporte de nossas tralhas usamos os alforges, sejam eles traseiros ou dianteiros.

Eu nunca usei alforges dianteiros, embora sempre admirei quem o fizesse. Na última grande cicloviagem que fiz juntamente com o amigo Emerson Lacerda, observei a vantagem do alforje dianteiro, pois o Emerson os usava e os elogiava. Realmente deu para perceber que a bike dele estava muito bem equilibrada, com uma boa distribuição de peso.

Para o bagageiro traseiro tenho um par de alforges Alto Estilo 60L que atende sobremaneira ás minhas necessidades. Com várias bolsas internas e um ótimo conjunto de capas impermeáveis, tenho um ótimo espaço e boa proteção contra as chuvas.

Alforges Alto Estilo 60L




Mas o que dizer de um alforge dianteiro?

Bom, para instalar um par de alforges dianteiros primeiro é necessário ter um bagageiro que comporte isso!
Eu tenho um par de alforges que eu usava antigamente, quando das minhas primeiras cicloviagens.




Esse par de alforges estava encostado no meu quartinho de bikes, embora estivessem perfeitos. Aí então me veio a ideia: Por que não transformá-los em alforges dianteiros? Sim, era possível, respondi a mim mesmo. Mas, e o bagageiro que os comportasse?
Bom, foi aí que veio a ideia, baseada numa foto que eu vira há muito tempo na Internet. Gambiarra com cabide!!! A ideia não é minha, mas vai me servir. Como meu bagageiro dianteiro não tem laterais para proteção das rodas, instalar um alforge irá permitir que o mesmo entre no meio da roda e provoque um acidente. Assim, é necessário que o mesmo tenha alguma proteção, de maneira que o alforge não resvale sequer nas partes internas da roda dianteira.
Dois cabides plásticos, eis a solução!



Parece brincadeira, não é? Mas é perfeitamente viável. Fiz os teste e vejam os pontos de apoio:



Todos esses pontos foram presos com abraçadeiras plásticas, conhecidas vulgarmente como "enforca gato". As laterais ficaram firmes e não comprometeram a dobradura da bike, que é dobrável.

Nanika com o alforge instalado.


Lógico que alguém poderia dizer "não seria bem mais prático comprar um bagageiro dianteiro próprio para a instalação de alforges?" E eu respondo: Bem, depende da situação financeira da pessoa!
Bagageiros dianteiros para suporte de alforges no Brasil são mosca branca; difícil encontrar. Importar seria uma saída, mas custam caro e não tenho certeza se a adaptação à minha bike aro 20" seria perfeita. Assim, a gambiarra praticamente me sai de graça e eu posso ver "in loco" se a adaptação irá funcionar ou não.
Na minha modesta opinião a instalação foi totalmente aprovada.



Evidente que na minha próxima cicloviagem usarei os alforges dianteiros assim instalados. Apenas os cabides serão na cor preta para combinarem com a cor do bagageiro, hehehe!

Bem-vindos às gambiarras do Antigão!

Grande cicloabraço!



5 comentários:

Jaime Nascimento disse...

Essa merece o selo "MacGyver" !!!

Vanderlei José Torroni disse...

muito boa ideia.

daguvasco disse...

belissima gambiarra.
Sera copiada, pode ter certeza...
Aquele

goingsouthbound disse...

Massa! Penso em fazer o mesmo mas com um bagageiro e um cabide de aço, soldando mesmo as partes.

Para o aro 20" não fica muito próximo ao chão? Se passar num buraco ou próximo a um meio fio, não vai raspar? Depois conte para nós sobre a experiência prática.

Um abraço,

Felipe "Ruivo"

Gilmar Doistempos disse...

A gambiarra boa e' aquela que resolve o
problema dentro da otica de quem a sugeriu xD

Voce me pareceu muito satisfeito com a solucao,
entao valeu.

Ai na ZL creio que voce encontra facil um
soldador habil que, por pouco,
profissionalizaria a solucao ;)

O aspecto ruim dos bagageiros dianteiros e' que
eles dificultam a visao do pneu. Isso as vezes
atrapalha na hora de passar por entre aquelas
lombadas antigas em formato de carapaca de
tartaruga, principalmente se voce for pego de
surpresa KKK

Por outro lado o peso no dianteiro pode ajudar
a corrigir o centro de gravidade da bicicleta.

Tenho uma pequena aro 20, que fiz uma mexida.
Quando vou ao mercado, percebo que fica melhor
pedalar com carga na dianteira.

http://oi59.tinypic.com/ajwd9g.jpg

Parabens pela iniciativa. []s