quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Nova implementação na Nanika (Soul D-60 dobrável, aro 20")

Olás, meus amigos e amigas,

Há bem pouco tempo comentei no Facebook que aquela era a "última" implementação que eu faria na Nanika, minha dobrável, aro 20".

(Os itens desta cor são links. clique neles para abrir)
(clique nas fotos para ampliar)


Depois disso fiz uma cicloviagem de pouco mais de 500 Km com ela e  notei que, carregada com alforges, barraca, colchonte e etc., a relação ficara um pouco pesada para mim nas subidas mais íngremes. É fato que os 63 anos - quase 64 - também ajudam a tornar a bikezinha mais pesada nas subidas, mas pensei em melhorar alguma coisa.

Assim que voltei da cicloviagem comecei a pesquisar um pedivela reduzido, com coroas 50/34, que atendesse minhas necessidades. Só encontrei novo, até de boas marcas, mas muito além das minhas possibilidades financeiras. Continuei pesquisando mas não teve jeito: Pedivela reduzido no Brasil é artigo de luxo!

Até que um super amigo, também cicloturista, entrou no circuito e com sua ajuda encontramos um pedivela semi-novo num Leilão dos EUA. O preço mais do que convidativo aguçou as minhas "lombrigas ciclísticas". Um belo pedivela da marca FUJI, para eixo ponta quadrada, 170 mm, exatamente do jeito que eu queria! O amigo deu o lance e o arrematamos pelo preço mínimo. Demorou um pouco para chegar, mas super valeu a pena!

Olha só o bonitão já instalado!




Ficou ótimo e além disso combinou perfeitamente 
com as cores da bike.


Como ainda estou em tratamento fisioterápico e não posso me aventurar pelas estradas. Fiz apenas um rápido teste, pedalando só um pouquinho para sentir a diferença em relação ao pedivela Shimano FC-A050, 52/39D, que eu estava usando até então. Ficou ótimo! Agora dá para subir até paredes, hehehe!

Combinou perfeitamente com as demais peças da relação.
A relação ficou com o cassete Shimano 11/34, 8V e câmbio Shimano Altus atrás; Pedivela Fuji, 170 mm, duas coroas 50/34 dentes e câmbio Shimano Sora Braze On na frente. A corrente é uma Shimano HG-53 com Powerlink da Sram.
O Pedivela Shimano FC-A050, 52/39, com pouco uso, coloquei à venda no Mercado Livre.

Para ler mais sobre as implementações da Nanika (Soul D-60), clique AQUI.

Agora, já escolado, não vou mais dizer que essa foi a "última" implementação na Soul. Já tenho outras idéias rondando a cabeça véia.
Se Deus quiser logo poderei voltar a pedalar e assim tentar por essas "ideias" em prática.

Se alguém precisar de mais informações sobre as implementações efetuadas, por favor, fique á vontade para fazer contato com o Antigão pelo e-mail antigão.waldson@globomail.com. Não se aborreça se eu demorar um pouquinho a mais para responder, pois além dos meus problemas de saúde temos a esposa que também está com artrose nos dois joelhos, sendo o esquerdo o mais afetado.

Grande cicloabraço do...





4 comentários:

. disse...

Grande Waldson, sempre inovando na nanica, rsrsrs

C0mprei minha dobrável Soul D60 em Novembro e estou indo só trabalhar com ela por enquanto. Pagando ela em 10x (rsrs)
Um grande abraço
WIllian - Joinville-SC

Gilmar Doistempos disse...

Que maratona pra conseguir esse pedivela! Sorte com essa sua nova implementacao. Melhoras a sua esposa. []s ;)

Waldson Gutierres disse...

Muito legal, Willian, essa bike é porreta! Para cicloviajar com ela você pode por um mochilão em pé no bagageiro, ou trocar o bagageiro por um mais alto para poder instalar alforges.

Boa sorte com a sua Soul D-60!

Grande cicloabraço.

Waldson Gutierres disse...

Foi difícil para encontrar um pedivela perfeito, Gilmar, mas valeu a pena.
Aqui no país tupiniquim as marcas são até boas, mas os preços são de amargar!!!

Grande cicloabraço.