domingo, 1 de maio de 2011

Entrementes...

É curioso como a gente fica ligado nos Blogs dos amigos cicloturistas, até com uma certa inveja saudável, quando estamos impedidos de pedalar por razões alheias á nossa vontade.
Até pesquisa em sites / blogs de reclinadas estou fazendo. 
Otimismo é importantíssimo, mas aceitar as limitações impostas pela idade ou problemas físicos também é muito importante. Não aceitar as limitações de uma maneira geral é tornar-se frustrado, descontente com a vida!
Há um ditado popular que diz "Quando se fecha uma pequena janela, abre-se uma grande porta". O importante é estarmos atentos para enxergá-la!

Não posso ficar muito tempo sentado á frente do teclado, somente uns poucos minutos. Assim, escrevo um pouco, saio, volto e escrevo mais um pouco. Desta vez a "Dna. Artrose" me pegou firme mesmo!

Estou aproveitando essa pausa para reler o livro do Padre Valdo, "Pedalando solitário do Oiapoque ao Chuí". Gosto do estilo simples de escrever do falecido Padre Valdo. Sempre me identifiquei com ele. Começamos com a mesma idade, embora em épocas diferentes. Até nascemos no mesmo mês! Julho.
O cicloturismo solitário envolve alguns riscos, concordo, mas proporciona ao  ciclista momentos inenarráveis de auto-análise e permite-lhe uma maior aproximação do Criador. Ao chegar no alto de uma montanha, olhando para o horizonte quase no infinito, quantas vezes me surpreendo conversando com Deus enquanto admiro a Sua grandiosidade. É fantástico!

É isso aí. Como eu disse estou fazendo algumas modificações na estradeira e assim que estiverem prontas eu publico aqui o novo setup. 

Até lá!

Antigão.

4 comentários:

AloneGhost disse...

Legal pensar nas reclinadas...

Se as limitações físicas nos pegam, temos que nos adaptar, nunca parar....

Conhece alguém para você poder experimentar a bike?

Espero o breve retorno de sua volta aos pedais.

Carlos Bernardo disse...

Amigo Antig~~ao!
Desejo que recupere rapido da sua coluna, acoselho que tenha repouso absoluto e issso acalma.
Olhe a bicicleta reclinada para a coluna ´´e mais confortavel, eu por acaso tinha dores nas costas derivado a um esforço que fiz no dia em que testei a reclinada e andei sem problemas porque as costas ficam apoiadas no encosto e se levar encosto de cabeça ainda melhor. Nos testes que tenho feito com a reclinada , depois de se habituar pedala-se muito bem e curva-se melhor que com a bike nrmal. coloquei uma roda 24 na frente e na retaguarda tem roda 26, falta estofer o banco , depois vera como fica.vou construir outra reclinada igual mas mais elaborada e espero fazer longa distancia nela, para o seu caso recomendo.
Boas melhoras de sua coluna e um abraço e se vc quizer trocar ideias no msn tem no meu blog, adicione-me.
um abraço Amigo .

Adhocbikers2 disse...

Waldson, espero melhoras, pois temos de pedalar juntos. Forte abraço.

Waldson Gutierres (Antigão) disse...

Obrigado aos amigos pelas palavras de apoio. Espero em breve, de híbrida ou reclinada, como Deus quiser, estar de volta aos meus prazerosos passeios.

Abraços!