quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

O MÊS DE FEVEREIRO MUITO ESTRANHO.

Olás,

Este mês de fevereiro, para mim foi um pouco triste e enfadonho. 

Primeiro que ele me lembra um ano do falecimento do Padre Valdo, um de meus maiores incentivadores, embora eu nunca tenha feito contato com ele.
Faleceu em fevereiro de 2010, no México, enquanto dormia tranquilamente em sua barraca.



Era um cicloturista cheio de garra e determinação, que amava pedalar pelo mundo, pelos mais diferentes lugares, pelas mais exóticas paisagens. Eu via nele um irmão um pouco mais velho.
Já passei muitas horas no computador levantando todos os detalhes da viagem que ele fez, denominada de Pedalando Solitário do Oiapoque ao Chuí.
Um dia, se Deus assim o permitir, pretendo reviver esta viagem. Apenas que terei então um pouco mais de idade do que ele tinha, quando a fez.
Mas... a vida continua.

O segundo motivo que marcou este mês de fevereiro foi o fato de eu não ter feito nenhuma viagem de bike. Aliás, pouco treinei neste mês!
Um mês com menos dias, mas paradoxalmente com muito mais afazeres para quem esta na ativa e trabalha com software administrativo, como eu.
Primeiro fiquei proibido por médicos de pedalar nos primeiros dez dias, haja vista que no ciclotur anterior, devido a escolha equivocada de selim, a pedalada longa me causou um problema de inflamação num nervo da virilha.
Depois chuvas e compromissos extras apenas me permitiram uns poucos momentos de treino.

Assim, confesso a todos que não vejo a hora deste mês de fevereiro acabar e levar consigo todas as minhas frustrações por estar ausente tanto tempo dos pedais.

Que venha logo o mês de março, com seu clima um pouco mais ameno e cheio de esperanças de dias melhores, de prazeres almejados sobre a bike.

Quem sabe um carnaval com pedal não faça uma ótima combinação?! Ou um pedal com carnaval, como queiram!

Que venha o MARÇO com força total!


Abraços e um ótimo feriado de canaval a todos!

Antigão.

5 comentários:

daguvasco disse...

Calma meu amigo.
A parada foi providencial.
Refresca a saude, se anime e bora pedalar.
Se cuide
Aquele

Carlos Bernardo disse...

Oi Amigão!
Espero que a virilha fique boa e que regresse rápido á estrada.
eu tenho um selim clitalia e não quero outro.
Quanto ao saudoso Valdo eu acompanhei sempre as pedaladas dele e tive o previlégio de ter contactado com ele.Ele ainda hoje me inspira bem quanto a muitos cicloturistas.
Um abraço e que regresse rápido ás pedaladas.

Waldson Gutierres (Antigão) disse...

É, bem que vocês tem razão. Graças a Deus o mes de fevereiro praticamente termina hoje, sexta feira. Segunda, dia 28, já estarei pensando como Março, hahaha!
Agora é planejar os novos passeios, até que chegue abril, quando farei o tão almejado passeio para a Ilha do Mel, no Paraná.
Quando estiver mais perto, posto aqui os preparativos, por ora é só um projeto que começa a ser mais estruturado a partir de março.
Abril chega rapidinho!

Grande abraço, amigos!

Rafael Procopio disse...

Eu segui o caminho contrário, em fevereiro tenho pedalado mais que nunca aqui no Rio de Janeiro. Simplesmente parou de chover por aqui. hehe

Boa volta aos pedais!

http://alaska-ushuaia.blogspot.com

Erich UNDERGROUND disse...

Com certeza o Valdo é exemplo pra todos nós, começou tarde, mas como dizem nunca é tarde pra começar, uma vez mandei uma pergunta no orkut dele e ele me respondeu, guerreiro e morreu fazendo o que mais amava, viajar de bike, e pra você meu amigo Waldson um 2011 cheio de viagens e aventuras com suas bikes...!